Turista catarinense morta em Arraial do Cabo foi estuprada, aponta laudo
16/12/2018 09:19 em Destaque

Um exame comprovou que a turista catarinense, Fabiane Fernandes, de 30 anos, foi vítima de violência sexual antes de ser morta em trilha de Arraial do Cabo. A informação foi divulgada pela polícia neste sábado (15).

 

Anteriormente, a polícia já havia informado que a vítima teve todos os ossos da face quebrados e morreu por traumatismo cranioencefálico. A polícia trabalha com a hipótese de que ela tenha sido morta a pedradas.

 

Fabiane desapareceu em 18 de novembro e o corpo dela foi encontrado após três dias de buscas. Segundo a polícia, ela estava sem roupas e com lesões na cabeça e no corpo.

 

O suspeito de ter cometido o crime, Matheus Augusto da Silva de 22 anos, preso na sexta-feira (14) em São Paulo, foi encaminhado para a 132ª delegacia de Arraial e ouvido na manhã deste sábado (15).

 

Segundo o delegado Renato Mariano, que investiga o caso, o suspeito estava nervoso e negou as acusações, mas apresentou contradições no depoimento.

A imagem pode conter: 1 pessoa, em pé, árvore e atividades ao ar livre

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e carro

 

Fonte e fotos: G1

COMENTÁRIOS