Aécio e Gilmar Mendes fizeram 33 ligações em 2 meses, diz Polícia Federal
20/10/2017 06:10 em Destaque

A Polícia Federal aponta, em relatório, que o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, e o senador Aécio Neves (PSDB-MG) fizeram 33 ligações entre os meses março e maio deste ano. De acordo com os registros, as ligações foram feitas através de dois celulares, por meio do aplicativo de voz e mensagem WhatsApp que, pelo menos a principio, não pode ser grampeado. Uma das chamadas ocorreu no dia 25 de abril, mesmo dia em que Gilmar Mendes suspendeu um depoimento que Aécio iria prestar à Polícia Federal a pedido do parlamentar. 

O relatório da Polícia Federal foi entregue ao Supremo e anexado, sem sigilo, a um dos processos que tramitam na Corte que tem como parte Aécio Neves. O documento foi divulgado nesta quinta-feira (19) pelo site de notícias "Buzzfeed".

As ligações foram descobertas pela PF a partir da análise dos celulares apreendidos com Aécio Neves na operação Patmos, realizada no dia 18 de maio. De acordo com os investigadores, como as ligações não foram interceptadas e não houve gravação na memória interna do celular, não é possível saber o conteúdo das conversas. 

O ministro Gilmar Mendes é relator de quatro inquéritos que investigam Aécio Neves no Supremo. Quando as ligações foram feitas, as investigações já estavam sob a responsabilidade do ministro do STF. 

Reportagem, João Paulo Machado

COMENTÁRIOS