Congresso debate prevenção a hepatites e HIV/aids
29/09/2017 07:35 em Saúde

Até esta sexta-feira (29), cerca de 4 mil ativistas, cientistas, gestores e profissionais de saúde irão discutir estratégias para a prevenção ao HIV/aids e às hepatites virais. O debate ocorre durante congresso em Curitiba, no Paraná. O tema em pauta é a Prevenção Combinada, em que se discutem estratégias de prevenção com foco em populações vulneráveis, como gays, travestis e transexuais, conforme explica a diretora de IST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken.

“Prevenção combinada que, pelo próprio nome, envolve não só situações biomédicas, mas, também, marcos legais, questões estruturais... Prevenção combinada é o mote que o Departamento abraçou. Hoje temos uma prevenção combinada completa, com todas as suas partes contempladas. Então a PrEP está se tornando uma realidade, que é a profilaxia pré-exposição, sem deixar de lado todas as outras atividades.

Além da programação científica, durante o Congresso serão lançados protocolos clínicos para tratamento do HIV, publicações e campanhas. Na abertura do congresso foi anunciado o vencedor do concurso cultural para a escolha de uma nova embalagem para os preservativos masculinos distribuídos pelo SUS. A estudante de Design de Interiores Ana Carolina Lima, de 19 anos, é a autora do trabalho vencedor. A ideia apresenta o botão de “ligar e desligar” - comum em aparelhos eletrônicos -, em verde fosforescente sobre fundo preto, com a camisinha substituindo o traço central do desenho. A proposta é atrair o público jovem, que está cada vez mais conectado, com a mensagem subliminar de “fique ligado”.

 

Reportagem, Luiz Philipe Leite.

COMENTÁRIOS