Atlético-PR vence Fluminense por 2 a 0 e abre boa vantagem
07/11/2018 23:41 em Esporte

O Fluminense vai precisar se superar para chegar à final da Copa Sul-Americana. Na noite desta quarta-feira (7), o tricolor foi derrotado pelo Atlético-PR na Arena da Baixada por 2 a 0 na primeira partida da semifinal e vai precisar vencer por três gols de diferença no Rio para se classificar.

 

Nos primeiros minutos, o tricolor saiu pressionando a saída de bola do time da casa, obrigando-os a dar chutão para frente. Mas foi só o Atlético-PR conseguir passar do meio de campo com a bola dominada pela primeira vez, que já deu para ver qual seria a tônica do jogo.

Com muito espaço nas costas dos alas do Fluminense, Cirino e Nikão tiveram muito espaço e liberdade para suas progressões em velocidade pelas pontas. O primeiro gol saiu aos 18 minutos, com Renan Lodi. O lateral-esquerdo pegou rebote com liberade na entrada da área e bateu duas vezes para fazer 1 a 0. Antes disso, Júlio César já tinha feito duas boas defesas.

O time carioca sentiu o gol e, em dois erros de saída de bola, quase levou o segundo. Os goleiros terminaram o primeiro tempo como destaques. Santos garantiu a ida para o vestiário com vitória ao fazer uma defesa espetacular em cabeçada e Gum e pegando o rebote, e depois ao salvar em finalização de Everaldo. Júlio César também fez outras duas boas defesas e praticamente um milagre em chute de Lucho, que ainda pegou no travessão depois da defesa do camisa 22 tricolor.

Com uma etapa inicial bastante movimentada, com 17 finalizações (10 do Atlético-PR e 7 do Fluminense), a etapa final foi menos corrida. A equipe carioca voltou marcando melhor, colocando a bola no chão e não dando chance para os contra-ataques.

Em um bom chute de fora da área, o meia Sornoza obrigou Santos a fazer boa defesa. Pouco depois, o equatoriano, novamente, teve boa oportunidade de deixar tudo igual, mas, da entrada da área, finalizou para fora.

A partir dos 30 minutos do segundo tempo, o Atlético voltou a mandar no jogo e teve algumas boas oportunidades. Pablo foi lançado nas costas da defesa e bateu forte na saída de Júlio César. A bola explodiu no travessão.

O segundo gol estava amadurecendo e saiu aos 32. Após cruzamento da esquerda, Rony passou nas costas de Ayrton Lucas e cabeceou sozinho para fazer 2 a 0.

Com a vitória, os paranaenses podem até perder por um gol de diferença no Rio de Janeiro, no dia 28, para avançar à decisão da Copa Sul-Americana. O rubro-negro também se classifica com uma derrota por dois gols de diferença, caso marque pelo menos um gol no Maracanã.
 
Fonte: Destak Jornal
Foto: Estadão Conteúdo
COMENTÁRIOS