Vasco perde para o Vitória fora de casa
09/09/2018 21:45 em Esporte

Com um primeiro tempo morno e um segundo tempo agitado, com confusão e expulsões dos dois lados, o Vasco perdeu por 1 a 0 para o Vitória, na noite deste domingo (9), no Barradão, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o cruz-maltino segue em situação complicada na competição, com 24 pontos e a uma posição da zona do rebaixamento. Já o Vitória somou 29 e subiu para o 12º lugar na tabela.

 

O primeiro tempo foi de baixa qualidade, com poucas chances reais para os dois lados. O primeiro lance foi aos 8. Em cobrança de falta na área, Luiz Gustavo tocou, e a bola saiu no canto do gol de Ronaldo. O Vitória também teve uma boa chance em cobrança de falta na área, aos 15 minutos. Raul desviou e a bola sobrou com Léo Gomes, na pequena área, mandar de cabeça. Martín Silva conseguiu tirar. No minuto seguinte, Desábato aproveitou erro da defesa, ao afastar um cruzamento, e chutou de fora da área, mas a bola saiu.

No segundo tempo, o Vitória perdeu uma ótima oportunidade logo aos 6, com Léo Ceará, que mandou de cabeça para fora, após a bola desviar na defesa do Vasco, em jogada que teve início com um cruzamento de Jeferson pela direita.

Aos 10, quase que o goleiro do Vitória complicou um lance fácil, ao tirar errado um escanteio cobrado por Pikachu na área, levando perigo a favor do Vasco. No minuto seguinte, Andrés Rios foi lançado pela esquerda, mas, na hora de finalizar, mandou um chute fraco.

A melhor chance do Vasco, no entanto, foi aos 20. Andrés Rios cruzou para Yago Pikachu, que mandou na trave. No rebote, de novo Pikachu dominou e bateu. Ronaldo fez ótima defesa. Mas quem abriu o placar foi o Vitória, numa bobeira defensiva do Vasco, aos 27, quando Meli passou para Erick nas costas da defesa. O atacante, cara a cara com Martin Silva, tocou na saída do goleiro e fez. 

Logo em seguida, uma grande confusão foi instalada. Lucas Ribeiro e Yago Pikachu discutiram em frente à arbitragem e acabaram expulsos. Os reservas de ambas as equipes correram em direção aos vestiários. Diante de muita confusão, o jogo ficou paralisado. A polícia chegou a tentar acalmar os ânimos, e a partida só foi retomada aos 33.

O Vasco tentou responder aos 38, com Marrony, após bola cruzada na área, mas o zagueiro Ramon salvou e tirou em cima da linha. A pressão continuou aos 40, com Luiz Gustavo desviando cobrança de escanteio na área. Ronaldo fez uma grande defesa. Na sequência, o goleiro ainda evitou o empate, após Léo Gomes mandar contra o próprio gol.

O próximo compromisso do Vasco pelo Campeonato Brasileiro é um clássico contra o Flamengo, sábado (15), às 19h, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. No mesmo dia, às 16h, o Vitória enfrenta o Ceará, no Castelão.
 
Fonte: Destak Jornal
Foto: Estadão Conteúdo
COMENTÁRIOS