Fluminense vence clássico contra Botafogo por 1 a 0
09/09/2018 18:12 em Esporte

Diante de pouco mais de 10 mil torcedores, o Fluminense venceu o Botafogo por 1 a 0, na tarde deste domingo (9), no estádio do Maracanã, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Digão fez o gol da partida, que ainda teve um pênalti desperdiçado pelo alvinegro no segundo tempo, após defesa de Rodolfo. O goleiro entrou no intervalo, no lugar de Júlio César, que saiu machucado.

 

Com o resultado, o Fluminense conseguiu respirar aliviado: subiu quatro posições e está em 8º lugar na tabela, com 31 pontos. Já o Botafogo segue em situação bastante complicada no Brasileiro, com 26 pontos, em 15º lugar, a apenas dois pontos da zona de rebaixamento.

O tricolor começou melhor, pressionando mais. Logo aos 3, Kayke teve uma boa chance, mas não foi capaz de finalizar, após cruzamento de Dodi na área. O gol veio aos 10 minutos. Após cobrança de escanteio, Everaldo, numa bicicleta desajeitada dentro da área, mandou a bola para Digão, que, mais esperto do que o zagueiro Igor Rabello, aproveitou para chutar de bico, estufar a rede e abrir o placar. Foi o primeiro gol do jogador no Campeonato Brasileiro.

A primeira chance de perigo real do alvinegro foi aos 18. Após boa jogada de Erik na direita, Kieza mandou em cima de Léo, que chegava de carrinho. No rebote, Rodrigo Lindoso chutou, mas Digão conseguiu tirar de cabeça. Aos 23, o Botafogo chegou de novo, desta vez pela esquerda, em jogada de Moisés, mas Erik chutou para fora.

Aos 35, foi a vez do Fluminense se aproximar do ataque. Luciano tentou um chute, mas a bola explodiu na zaga alvinegra. No rebote, a bola voltou no jogador, que mais uma vez tentou chutar, em vez de buscar uma jogada, e foi novamente bloqueado.

Rodrigo Lindoso, num chute de fora da área, pegou bem na bola, já aos 42, mas Júlio César conseguiu defender bem e mandou para fora. Pouco depois, o goleiro mais uma vez fez uma excelente defesa. Após cruzamento de Lindoso, o atacante Kieza, sozinho na pequena área, tentou de cabeça, mas acabou esbarrando na defesa de Júlio César.

Ainda no primeiro tempo, o Flu reagiu reagiu à pequena pressão do Botafogo com Kayke, que recebeu de Dodi, entrou na área e chutou, mas Saulo acabou fazendo a defesa.

Na volta do intervalo, o Fluminense entrou com Rodolfo no gol, no lugar de Júlio César, que se machucou em um lance com Kieza no primeiro tempo e, com dores nas costas, não teve condições de retornar ao jogo.

O tricolor teve chances com Jadson, aos 11, que chutou cruzado para a defesa de Saulo; e com Léo e Kayke, aos 12, que tabelaram bem, mas a zaga alvinegra conseguiu tirar. Erik, do Botafogo, conseguiu chegar bem aos 34, só que a bola desviou e saiu pela linha de fundo.

Aos 38, de novo Erik chegava na área, quando a bola bateu no braço de Ayrton Lucas e o juiz deu pênalti. Rodrigo Lindoso foi para a cobrança e bateu no canto esquerdo de Rodolfo, que pulou para o lado certo e defendeu. No rebote, Erik, sozinho, mandou muito mal e a bola foi por cima do travessão, desperdiçando de vez a melhor chance do alvinegro no jogo.

O próximo confronto do Fluminense no Campeonato Brasileiro é domingo (16), às 16h, contra o Atlético-PR, fora de casa, na Arena da Baixada. O Botafogo também joga no domingo (16), só que às 11h, quando recebe o América-MG em casa, no estádio Nilton Santos, o Engenhão.
 
Fonte: Destak Jornal
Foto: Estadão Conteúdo
COMENTÁRIOS