Diego é cortado da Seleção e está fora dos jogos contra Bolívia e Chile
04/10/2017 - 11h40 em Esporte

O meio-campo Diego, do Flamengo, está desconvocado da Seleção para os próximos dois jogos contra a Bolívia, dia 5, e Chile, dia 10, válidos pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia em 2018.

O jogador se apresentou na manhã desta terça-feira com queixa de dor muscular na coxa esquerda. Ele foi avaliado pelo médico da Seleção, Rodrigo Lasmar: "Realizamos exame de imagem e confirmamos uma pequena lesão muscular que o impede de participar do período de convocação", afirmou o médico.

A comissão técnica informou que outro jogador não será convocado para compor o grupo para os jogos das Eliminatórias.

Esse foi o terceiro corte de jogadores para os dois últimos jogos do Brasil pelas Eliminatórias. Antes, os laterais-esquerdos Marcelo e Filipe Luís acabaram sendo desconvocados também por motivo de lesão - foram substituídos por Alex Sandro e Jorge. Desta vez, porém, o técnico Tite não chamará ninguém para a vaga aberta pela ausência de Diego.

O corte da seleção brasileira confirmado nesta terça-feira fechou uma série de acontecimentos ruins para Diego em um período de apenas seis dias. Na última quarta, no jogo de volta da final da Copa do Brasil, no Mineirão, ele desperdiçou um pênalti na disputa derradeira com o Cruzeiro em erro que se tornou fatal para que o time mineiro ficasse com o título.

Depois, nesta segunda-feira, ele se machucou na partida em que o Flamengo foi derrotado por 1 a 0 pela Ponte Preta, em Campinas, para em seguida acabar ficando fora dos dois últimos compromissos do Brasil nas Eliminatórias da Copa.

Fonte: O Dia

COMENTÁRIOS